quinta-feira, 6 de novembro de 2008

Pra lembrarmos que o melhor se dá de coração...


"O Palhaço" - Rodrigo Grecco

Preste atenção nesta história que vou lhe contar
Essa estória que eu conto é pra fazer pensar

No altar da igreja, um certo dia, chegou o Sacristão
Com a vassoura, a pá e o pano, pra limpar o chão

E lá chegando encontrou o Palhaço a brincar
Equilibrando uma bola com o seu calcanhar

E entre risos o Palhaço escorregou no chão
E terminando a cambalhota viu o Sacristão

Mas que vergonha, o que é isso!? disse o Sacristão
Onde se viu fazer bagunça aqui!? lhe disse então

Mas o Palhaço sorriu, e disse a cantar
Eu sou Palhaço e brincando é que eu sei rezar

Como você
O que tenho pra oferecer
Igual a você
O melhor para oferecer

Pra Deus!

Essa palavra, então, por fim calou o Sacristão
Ele lembrou que o melhor se dá de coração

E o Palhaço alegremente assim se despediu
Com uma pirueta louca e um pulo ele partiu

Mas o que nem Sacristão e nem Palhaço viu
É que a imagem do menino Jesus sorriu...

quarta-feira, 5 de novembro de 2008

Estação



Que estranha palavra!
Quatro letras que, como quatro que são as estações,
Mudam tudo em nós...
Basta que apareça e o inverno se vai...
Sempre é Primavera.

Mi Universo - Jesus Adrian


Que seas mi universo
No quiero darte solo un rato de mi tiempo
No quiero separarte un día solamente
Que seas mi universo
No quiero darte mis palabras como gotas
Quiero un diluvio de alabanzas en mi boca

Que seas mi universo
Que seas todo lo que siento y lo que pienso
Que seas el primer aliento en la mañana
Y la luz en mi ventana

Que seas mi universo
Que llenes cada uno de mis pensamientos
Que tu presencia y tu poder sean mi alimento
O jesús es mi deseo
Que seas mi universo

No quiero darte solo parte de mis anos
Te quiero dueño de mi tiempo y de mi espacio
Que seas mi universo
No quiero hacer mi voluntad quiero agradarte
Y cada sueno que hay en mi quiero entregarte.
* (Foto: Punta del Este - uruguay)

terça-feira, 4 de novembro de 2008

Que mistério...


Que mistério se esconde por trás da fragilidade humana? É essa a pergunta que faço quando vejo o Moysés... Com um misto de espanto e muita admiração, olho pra ele e vejo aquilo que quero ser...Vejo um homem de Deus!
Hoje é seu aniversário, 20 e poucos anos (Juventude espiritual, hehehe), por isso, aqui fica a minha homenagem, o meu respeito, o meu amor filial e, sobretudo, a minha gratidão...Pois essa é "a única linguagem que estas almas sabem falar".
Parabéns Moysés!

segunda-feira, 3 de novembro de 2008

A noite, a lua e o segredo


A noite...
A lua...
O segredo de cada um se esconde...
E diante dos três: a noite, a lua e o segredo...
Algo em comum...
O medo?

Vida...


O que seria, então, a vida?
Cientistas, poetas, tantos homens e mulheres tentaram definí-la...
Pois é...Vamos aqui neste espaço prosseguir com as tentativas, já que a única resposta que permanece atual, além dos tempos, é a de Cristo: "Eu sou a Vida..."